AS PESSOAS PODEM IR ALÉM, DESDE QUE ACREDITE NELAS

Celso Braga

12 de maio de 2021

Blog do Grupo Bridge

Desenvolvimento humano, transformação cultural e inovação.
Compartilhe este artigo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

“Todo potencial humano está no ato de ir além”.

Celso Braga

 

As pessoas podem sempre ir além em suas ações? Há potencial em todas as pessoas? Se você acreditar em alguém, é possível que esta pessoa possa ser melhor de alguma forma? 

Sim, sim e sim!


E você é prova disso. De alguma forma, você avançou porque acreditou que podia ir além. O ser humano tem como missão o progresso dele mesmo e de tudo que está ao seu redor, podemos chamar isto de sua natureza particular, sua razão de existir. Logo, cada pessoa possui, em si, potencial para ser mais e melhor. Como seres sociais que somos, o outro importa e afeta nossa realidade, neste sentido, os pais estimulam seus filhos a irem além ao acreditar neles; professores estimulam seus alunos acreditando neles; e líderes, de modo geral, estimulam as pessoas a serem melhores acreditando nelas.


Você acredita no potencial das pessoas que você lidera? Deixa-as expressarem mais suas ideias e permite que experimentem coloca-las em prática? Ótimo, então, você realmente pode ter mais do potencial de todos.


Tenho visto líderes cada vez mais impacientes com a expressão do potencial das pessoas, o cenário de mudanças constantes, desafios cada vez mais novos e desconhecidos, necessidades que aparecem sem haver tempo para serem resolvidas adequadamente, tudo isso traz consigo a urgência como premissa, gerando um olhar estressante quando se trata de cuidar da potencialidade da equipe ou de cada indivíduo.


É preciso tomar cuidado, pois não se pode acelerar a expressão da potencialidade sempre, as pessoas precisam sentir a confiança de quem acredita nelas, que lhes deem tempo para experimentarem e, principalmente, de alguém que as guie para serem melhores. Não é tão difícil perceber isto se você pensar na relação entre pais e filhos. Os pais estimulam a criança a andar, pegam em sua mão, esperam pacientemente que ela dê o primeiro passo e comemoram com juntos o avanço em sua habilidade. Assim prosseguem por muito tempo, indo nesta direção de estimular e comemorar, juntos, cada avanço. 


Um aspecto interessante é refletir sobre qual momento deixamos de admirar e estimular o crescimento do outro. Talvez por que adultos não precisem disto? Talvez por que achamos que os outros têm que estar sempre pronto para o que queremos deles? E assim, seguimos massacrando as pessoas por terem a obrigação de ser melhores por elas mesmas, sem nenhum apoio…


Entenda que ao acreditar nas pessoas, em seu potencial, e estimulá-las a ir além, você poderá efetivamente estar com pessoas melhores, e isto é papel da liderança. É papel de quem vai influenciar para que outros sejam melhores. E para isso, acreditar é a palavra de ordem, deixar experimentar é o ato e evolução é o resultado conquistado!


Grandes lideranças levam as pessoas a expressarem cada vez mais os seus potenciais adormecidos ou ainda inexplorados. Isso porque entenderam que é preciso dar o tempo necessário para que as pessoas explorem e realizem suas potencialidades. A pressa não vai resolver a questão já que as pessoas têm o momento certo para “andar”, formar pessoas melhores exige dedicação e tempo. 


Ah, você não tem tempo? Então, lamento informar que o potencial da sua turma ficará adormecido e te restará apenas reclamar ou trocar as pessoas por outras que, provavelmente, podem não vir servir novamente.


Acredite na potência das pessoas e dê o tempo necessário para ela se realizar, você se surpreenderá com os resultados. 


Algumas dicas para você ajudar as pessoas a chegarem lá:

1 – Se tem algo que tem que ser feito já, não espere pelo potencial, escolha quem já possui a habilidade necessária aprimorada e que você sabe que pode resolver;

2 – Se precisa que algo seja feito ao longo da estratégia do ano, podendo levar as pessoas a usarem mais de seu potencial, apresente os desafios e deixe-as se envolverem na solução, mas esteja sempre acompanhando, questionando e guiando para que possam ir além;

3 – No dia a dia, dê uma hora a mais para que as pessoas pensem e possam te apresentar uma ideia sobre a qual querem sua orientação. Aproveite o que trazem para exercitar o pensamento das pessoas, isso lhes dará a musculatura necessária para começarem a expressar melhor o potencial que possuem.

Conte com o DUX, seu assistente de desenvolvimento para seguir em frente. 

Cuide de seu desenvolvimento, melhore em suas habilidades e conquiste saltos em sua carreira. Acesse www.desenvolva-se.com e experimente!

ESCRITO POR

Celso Braga

O Celso é um obstinado sonhador e realizador. Sócio-diretor do Grupo Bridge, é casado com a Adriana, pai do Lucas e do Mateus. Adora olhar pra frente e construir o futuro.

Artigos Recentes

Grupo Bridge 2021 © Todos os Direitos Reservados – GB Design Team
small_c_popup.png

Receba nossas notícias

Bridge News