Autoridade gera segurança e confiança

Celso Braga

11 de janeiro de 2021

Blog do Grupo Bridge

Desenvolvimento humano, transformação cultural e inovação.
Compartilhe este artigo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Autoridade gera segurança e confiança

“A aceitação da autoridade é proporcional a condição moral reconhecida nela”. Celso Braga.

Há muito tempo trabalhando com o tema liderança inspiradora verifiquei que cuidar das pessoas no que se refere ao seu desenvolvimento individual ou como time são elementos fundamentais, bem como a capacidade de estabelecer desafios que estimulam todos a irem além fazem parte do papel de inspirar. Além destes elementos exercer a autoridade também faz parte de uma liderança inspiradora e aqui você vai poder perceber uma série de entraves de percepção do que isto significa.

 

Há muita confusão no significado de autoridade e autoritarismo. O autoritário exerce o poder sobre os outros tomando as regras morais que deseja para si mesmo e em favor de sua própria moralidade onde o certo e o errado estão sob a ótica do autoritário. Já a autoridade, é uma referência em determinado assunto, se você precisa de um médico e quer o melhor, deve procurar a autoridade no assunto, o que tem mais conhecimento e o que pode lhe orientar melhor em busca da cura de alguma enfermidade ou situação. De alguma forma você reconhece autoridade na pessoa que sabe muito sobre um determinado assunto ou tem muita experiência sobre algo a ser considerado.

 

A autoridade está intimamente ligada a construção de confiança. Mas afinal quais são as ações da autoridade que nos leva a ter confiança e segurança?

  1. Definir objetivos e metas claras e construir com todos o melhor caminho a seguir;
  2. Estipular limites de autonomia através das definições de papeis e responsabilidades;
  3. Atuar no acompanhamento de prazos;
  4. Ser modelo de/exigir segurança, ética e valores;
  5. Gerenciar conflitos, ajustando como tomar ações em momentos de crise.

Pense num pai ou em uma mãe com seus filhos, eles não deveriam agir deste modo? Um líder em sua comunidade também deveria seguir estes princípios de autoridade? E um líder em uma organização?

Para atuar como líder, necessariamente deverá ter ações de autoridade, você como líder deverá ser uma referência para seus liderados! Note que você, para exercer a autoridade, precisa ter as pessoas definindo os parâmetros com você e ainda, de certa forma, tendo as coisas definidas você terá que ser a referência para que as regras sejam seguidas. Logo, a liberdade do time, dos seus filhos, da comunidade terá partido de uma construção de todos e serve para organizar e dar confiança de que todos vão segui-las dando assim a necessária organização coletiva pelas regras morais e factuais definidas com a sua participação.

O que você pode fazer para que sua autoridade seja efetivamente inspiradora?

Três coisas essenciais:

1 – Estabeleça os parâmetros que vão designar a conduta coletiva junto com as pessoas e dê claramente sua contribuição;

2 – Deixe os papéis e responsabilidades claros e associados às metas a partir do que cada um tem de fazer;

3 – Medie as diferenças de perspectivas sobre pontos e acordos feitos, bem como com relação aos prazos e ações acordados com uma frequência quinzenal.

Conte com o DUX, assistente de desenvolvimento para seguir em frente. Realize a primeira etapa gratuita e construa sua missão de desenvolvimento. Participe dos grupos no telegram e receba insights perfeitos para serem colocados em prática, além de dicas personalizadas todo mês.

ESCRITO POR

Celso Braga

O Celso é um obstinado sonhador e realizador. Sócio-diretor do Grupo Bridge, é casado com a Adriana, pai do Lucas e do Mateus. Adora olhar pra frente e construir o futuro.

Artigos Recentes

Grupo Bridge 2021 © Todos os Direitos Reservados – GB Design Team
small_c_popup.png

Receba nossas notícias

Bridge News