O sucesso é invisível

Celso Braga

23 de dezembro de 2020

Blog do Grupo Bridge

Desenvolvimento humano, transformação cultural e inovação.
Compartilhe este artigo:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

“O sucesso não existe antes da curiosidade”

Celso Braga

“A curiosidade é mais importante que o conhecimento”

Albert Einstein

 

Qual a sua conexão com o sucesso?

Tê-lo como fim em si mesmo ou ter uma responsabilidade maior com a trajetória, com a curiosidade que te leva a aprender como se desviar ou superar as pedras do caminho?

O esforço de sair da zona de conforto, de parar de fazer só o que se sabe para curiosamente ir às novas ações, novos conhecimentos e novas reflexões antes de agir é uma forma de – então – chegar a ser reconhecido como uma pessoa bem sucedida.

Mas, para isso, você precisa evoluir sua competência da curiosidade. Saiba que 9 em cada 10 pessoas bem sucedidas são curiosas, então comece a fazer perguntas, a buscar interrogar-se e provocar interrogações nos ambientes pelos quais circula para, deste ato, conseguir ampliar seu olhar, aumentar seu repertório de respostas para os desafios presentes e futuros.

Ainda ontem, participei de uma apresentação de resultados do ano, de uma grande corporação, para mais de cem líderes. Eles começaram o ano com uma previsão de crise absoluta, estavam muito longe do resultado que precisavam e terminaram com um resultado excepcional, muito além do previsto.

O que os levou a este sucesso? Claramente eles deixaram de fazer as coisas como faziam e começaram a dar novas respostas para os obstáculos existentes, se viram questionando se podiam ir além de forma diferente e, por isto, chegaram lá.

Os feitos tão reconhecidos tinham relação direta com a virtude da curiosidade, com a humildade de não querer repetir a mesma fórmula para um cenário diferente. Um show de aumento de repertório e de aprendizados a partir da curiosidade, da busca pelo novo!

Será que todos foram curiosos, livres para aprender, para juntos irem questionando e construindo o novo? Por que alguns deles foram reconhecidos diferentemente de outros?

Por alguns influenciarem não só a si mesmos como também aos demais, aplicando assim muito mais curiosidade em suas realidades!

Ao estimular a sua competência de curiosidade você pode superar mais obstáculos, vencer mais desafios e inovar mais. Pode também levar seus colaboradores neste caminho, estimular a serem melhores por serem mais curiosos e colocarem-se como aprendizes diante de tantas mudanças, complicações e complexidades no cotidiano.

Em que momento as sombras deixaram nossa curiosidade ser apagada? Quando você deixou sua criança exploradora de lado, aquela que sempre perguntava “por quê”? Em algum ponto passamos a acreditar que a fórmula do sucesso válida é a usada pelos que já conquistaram, pelo conhecimento que já foi aprendido, pela ação que já foi feita. Esta forma de fazer as coisas já foi válida, replicável, mas isto chegou ao fim.

O tempo é dos curiosos que lidam com o novo, com o inesperado, com os obstáculos e desafios de forma questionadora, de quem quer se abrir para aprender, para explorar novos significados das coisas, desbravando novas formas para o fazer. O sucesso acontecerá como reconhecimento posterior à sua exploração curiosa das novas perspectivas.

O que você pode fazer para recuperar a força da sua curiosidade?

Três coisas essenciais a se fazer:

1 – Invista tempo em perguntar se o que fará está ultrapassado ou se há novas respostas possíveis;

2 – Traga os questionamentos para os grupos dos quais participa e contemple atentamente as respostas que surgirem;

3 – Fique próximo de quem está sempre trazendo novas perspectivas e conhecimentos.

 

Conte com o DUX, assistente de desenvolvimento para seguir em frente. Realize a primeira etapa gratuita e construa sua missão de desenvolvimento. Participe dos grupos no telegram e receba insights perfeitos para serem colocados em prática, além de dicas personalizadas todo mês.

ESCRITO POR

Celso Braga

O Celso é um obstinado sonhador e realizador. Sócio-diretor do Grupo Bridge, é casado com a Adriana, pai do Lucas e do Mateus. Adora olhar pra frente e construir o futuro.

Artigos Recentes

Grupo Bridge 2021 © Todos os Direitos Reservados – GB Design Team
small_c_popup.png

Receba nossas notícias

Bridge News